terça-feira, 3 de março de 2015

Creche no Congresso do Sindsaúde

CONGRESSO DO SINDSAÚDE TERÁ CRECHE. INSCREVA-SE!

Crianças de 01 até 07 anos terão atividades recreativas durante os debates. Delegados eleitos nas unidades podem inscrever filhos(as) até o dia 09/03

O XI Congresso do Sindsaúde, que será realizado de 13 à 15 de março, no Hotel Mardunas, em Nísia Floresta, terá um serviço de creche. O objetivo é garantir a participação da categoria nos debates, em especial a das mulheres, que muitas vezes deixam de participar das atividades por não ter com quem deixar os (as) filhos(as). Uma equipe especializada foi contratada e promoverá atividades recreativas durante o período diurno.

Se você foi eleito(a) como delegado(a) na reunião de seu local de trabalho, preencha o formulário no site do Sindsaúde-RN Estadual para garantir a(s) vaga(s) na creche. Clique aqui.


Fonte: Sindsaúde-RN Estadual

Aumento da energia em SGA

PREFEITO DE SÃO GONÇALO AUTORIZA REAJUSTE NA ENERGIA ELÉTRICA EM QUASE 30%

Prefeito reajusta conta de luz em São Gonçalo. A Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (CSIP) ficará mais cara para moradores, pequenos comerciantes e empresários

A conta de luz ficará mais cara a partir de maio. O decreto do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado (PR), que autoriza o reajuste da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (CSIP), foi publicado no Diário Oficial do Municipal no dia 10 de fevereiro. A Secretaria Municipal de Tributação será a responsável pela execução das normas.

Para imóveis residenciais o valor mensal do aumento na fatura de energia elétrica será de R$ 8,00, quase 30% a mais do que é cobrado atualmente. Já comerciantes terão que desembolsar R$ 11,44 a mais na conta e até imóveis não edificados terão reajuste na CSIP, que custará R$ 5,72.

Estão isentos da cobrança apenas quem consome até 60 kwh, considerado Subclasse Residencial Baixa Renda, bem como imóveis não edificados avaliados em menos de R$ 500,00.

O prefeito justifica o aumento alegando que o valor arrecadado com a CSIP será utilizado para “melhorar a qualidade do serviço de iluminação pública, especialmente nas áreas com maiores índices de violência”, promete introduzir “novas tecnologias” de iluminação e aprimorar a luminosidade de locais utilizados para caminhadas e dos acessos ao aeroporto”.

INCONSTITUCIONAL - Instituída pelos municípios na década de 80 com o propósito de gerar rendas para saldar as dívidas de iluminação pública com as concessionárias de energia elétrica, o imposto sempre rendeu controvérsias jurídicas, chegando a ser suspenso pelo Supremo Tribunal Federal anos atrás. O STF considerou que “o serviço de iluminação pública não pode ser remunerado mediante taxa”.

Em 2002 o imposto voltou a ser discutido no Congresso Federal. Através de emenda, o tributo foi alterado. Mas só no nome. A taxa ganhou a denominação de contribuição, ganhou legalidade mas continua sendo considerada por muitos especialistas tributários como uma tarifa inconstitucional uma vez que o serviço deveria ser custeado por cada município através de arrecadação própria, tal como a coleta de lixo e a limpeza das ruas.

RECLAMAÇÕES – Embora a prefeitura de São Gonçalo já arrecade a CSIP mensalmente com o propósito de custear melhorias na infraestrutura de iluminação pública, tanto em sua implantação como manutenção, sobram reclamações sobre a má prestação do serviço pago pela população. Em várias ruas da cidade a escuridão favorece a prática de crimes e até de acidentes.

COSERN – A concessionária atua somente como arrecadadora da CSIP e repassa o valor à administração municipal, que é responsável pela definição do percentual cobrado e pela aplicação dos recursos.

AUMENTO – A Cosern também está em fase de consulta pública, mas deve aprovar um outro aumento na conta de luz para o mês de março. Na realidade, os consumidores potiguares já tiveram reajuste desde o dia 1º de janeiro deste ano, a chamada “bandeira vermelha”, em decorrência do fornecimento pelas usinas térmicas.

O valor é de R$ 3,00 a cada 100 kWh. Esse montante deve pular para R$ 5,50, segundo previsão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O reajuste será de 2,8%.

As contas de luz no Brasil vão aumentar também, em média, 23,4% a partir de segunda-feira (2), quando começa a vigorar a revisão extraordinária aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira (27).


Fonte: Fala RN

Sindnotícias de março

SINDSAÚDE-RN ESTADUAL PUBLICA NOVA EDIÇÃO DO SINDNOTÍCIAS

A primeira edição de 2015 do Sindnotícias, o boletim informativo dos servidores da saúde estadual, já está disponível na internet! A matéria de capa é dedicada ao congresso da categoria, que acontece entre 13 e 15 de março.

Nesta edição, leia também matérias sobre os cortes de direitos do governo aos trabalhadores; um informe sobre a divulgação da prestação de contas de 2013; o afastamento do ativista Breno Abbott; a audiência com a nova gestão da Sesap, para falar sobre a situação dos hospitais e a situação salarial da categoria; notícias sobre o hospital Santa Catarina; as promessas do novo secretário de saúde, Luiz Roberto; e a situação da Unidade Novo Horizonte.


O informativo já está disponível na sede do Sindsaúde-RN Estadual (Av. Rio Branco, 874, Cidade Alta, Natal-RN), mas você também pode ler abaixo ou, se preferir, fazer o download da edição online clicando aqui.



Congresso Sindsaúde-RN

CONFIRA OS PRINCIPAIS TEMAS QUE SERÃO DEBATIDOS NO CONGRESSO DO SINDSAÚDE

Durante os três dias de congresso, em Nísia Floresta, a categoria irá debater a sua luta para o próximo período. Veja abaixo os temas fundamentais, desenvolvidos nas teses

Conjuntura
Inflação, contas públicas, novos governos, crise econômica mundial, corrupção, ataques aos direitos e aos salários... Como anda o Brasil, o Rio Grande do Norte e o mundo? O que ficou das jornadas de protestos em junho de 2013? Quais as perspectivas para a vida dos trabalhadores, da população pobre e dos setores oprimidos? O que esperar do governo Robinson Faria e do segundo mandato de Dilma?

Saúde pública
Como deter o caos na saúde pública, o desabastecimento e a superlotação? Como garantir o SUS público, gratuito, estatal e de qualidade? Qual o investimento que vem sendo feito pelos governos? Quanto seria necessário? Qual a responsabilidade de cada governo e como lutar para reabrir os serviços fechados, como as pediatrias? Como enfrentar a privatização, a terceirização e os repasses para a iniciativa privada?

Plano de lutas
Os servidores da saúde têm muito pelo que lutar. O nosso congresso será um momento para discutir as nossas reivindicações e preparar a luta por melhores salários, por condições de trabalho, direitos, concurso público, valorização profissional e o combate ao assédio moral. Vamos à luta sabendo pelo que lutamos!

Democratização do sindicato
A Organização por Local de Trabalho será um dos principais temas do congresso. Como fazer para fortalecer a luta e a democracia nos locais de trabalho? Qual a melhor forma de organizar a categoria? Como deve funcionar o Conselho de Representantes ou as comissões de base? Como combater a burocratização e garantir o poder à base?

Balanço da diretoria
Pela primeira vez, o congresso terá um ponto específico para avaliar a atual diretoria. Como anda a direção, que tomou posse em fevereiro de 2013? Como tem conduzido o sindicato? Como tem dirigido nossas lutas, o patrimônio e a democracia da entidade?



Fonte: Sindsaúde-RN Estadual

Denúncia

ESCOLA EM SÃO GONÇALO DO AMARANTE TEM BURACOS NO TETO E REDE ELÉTRICA PRECÁRIA


De acordo com informações do governo federal por meio do Portal Transparência, a prefeitura da cidade de São Gonçalo do Amarante recebeu no ano passado mais de R$ 5, 8 milhões em repasses da União para gastar tudo com educação.

O dinheiro foi enviado para implementação de escolas de ensino infantil, estruturas esportivas escolares, infraestrutura do ensino básico e para desenvolvimento e apoio aos profissionais das escolas.

SEM ESTRUTURA - Mas o dinheiro do governo federal parece que não chegou na escola municipal Maria da Cruz no bairro Jardim Lola.

Os estudantes do quinto ano no período da manhã estão com dificuldades de estudar em razão da falta de estrutura. São no total 33 alunos em apenas uma sala de aula.

O teto da sala de aula ameaça desabar, telhas estão quebradas e não foram feitos reparos apesar da insistência da comunidade. Se chover a sala de aula fica completamente alagada. São vários buracos no telhado.

Também existe muita fiação elétrica exposta perto do chão e ao alcance das crianças. Fica impossível os educadores conseguiram evitar uma tragédia com os estudantes.

As paredes da escola são velhas e as cadeiras estão na mesma situação. Outra dificuldade é que as salas são quentes com ventilação precária. Como fica evidente na foto abaixo:



Fonte: Fala RN

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Deu na Imprensa: Cargos comissionados em SGA

SÃO GONÇALO DO AMARANTE ESTÁ ENTRE OS 200 MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM O MAIOR NÚMERO, PROPORCIONAL, DE CARGOS COMISSIONADOS NA PREFEITURA

O município é o 18º do RN e o segundo mais populoso do estado a figurar na lista divulgada pela revista Exame no começo do ano


No início do ano, a revista Exame divulgou uma lista com as 542 cidades com maior número, proporcional, de cargos comissionados. 45 municípios potiguares figuram na lista, entre eles São Gonçalo do Amarante, que ocupa a 18ª posição no RN e a 195ª posição no ranking nacional. Segundo a pesquisa da Exame (que utilizou microdados do IBGE), há 3.048 funcionários no serviço público de São Gonçalo, dos quais 874 deles são cargos comissionados. Ou seja, 29% dos funcionários da prefeitura são cargos comissionados.

São Gonçalo também é o segundo município mais populoso do RN a aparecer na lista, que considerou números de 2013 do IBGE, estimando uma população de 95.218 são gonçalenses. O mais populoso município do RN a aparecer na lista foi Parnamirim, que tem população estimada em 229.414. Municípios como São José de Mipibu, Ielmo Marinho, Caiçara do Norte, Lagoa Salgada, Areia Branca e Santana do Seridó também estão na lista.

A pesquisa levou em consideração as cidades onde os cargos comissionados representam no mínimo 20% do total de funcionários da administração direta das prefeituras. Enquanto isso, A média nacional é de 8%. Os dados são do Perfil dos Municípios Brasileiros 2013.

Os comissionados são pessoas que atuam em cargos de confiança e trabalham na administração pública por indicação. Em muitos casos, não há necessidade de fazer concurso. Esses cargos são frequentemente usados para abrigar aliados políticos de quem está no comando da gestão pública.

Confira a lista completa dos 542 municípios indicados pela Exame clicando aqui.


*Com informações da Revista Exame

Audiência marcada na Educação

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE PRESSIONAM PREFEITURA A MARCAR AUDIÊNCIA COM A CATEGORIA

A reunião com os integrantes do governo ficou acertada para a próxima quinta-feira, 5 de março, às 9h30, na sede da prefeitura de São Gonçalo



Na terça-feira (24), os servidores da educação de São Gonçalo do Amarante realizaram um protesto em frente à prefeitura municipal para cobrar do governo uma audiência com a categoria. Somente no final da manhã, após muita insistência, os servidores conseguiram uma breve reunião com o secretário-chefe de Gabinete, João Eider, que marcou a audiência para o dia 5 de março, às 9h30, na sede da prefeitura, com toda a comissão de negociação da educação.

Logo no início da manhã, os servidores foram informados de que não seriam recebidos, pois todos os secretários integrantes da comissão de negociação (Miguel Teixeira, secretário de Administração; Abel Neto, secretário de Educação; e João Eider, secretário-chefe de Gabinete) estavam em outros compromissos. Mesmo com a negativa, os servidores decidiram resistir e permanecer no local até que fossem atendidos pelo governo.

Em seguida, uma parte da categoria se dirigiu ao Teatro Municipal (em frente à prefeitura) para conversar com os demais servidores, que acompanhavam o evento da Semana Pedagógica, promovida pela Secretaria Municipal de Educação e que marcou o início do ano letivo na rede municipal de ensino.

A diretora do Sinte-RN, Socorro Ribeiro, pediu a fala e convocou os servidores presentes no evento a participarem do ato em frente à prefeitura e a cobrar do governo medidas que solucionem a pauta de reivindicações da categoria. Os servidores estão descontentes com a falta de respostas concretas da prefeitura no documento que o executivo enviou semanas atrás ao Sinte-RN, núcleo de São Gonçalo.

Socorro também falou sobre a importância da organização dos trabalhadores para o fortalecimento das lutas pelos direitos da categoria e citou o exemplo dos servidores da educação pública do Paraná, que desde o dia 9 de fevereiro estão em greve contra o pacote de retirada de direitos que o governo estadual do Paraná quer implantar.


Em São Gonçalo, a categoria está lutando para que a prefeitura pague o piso salarial dos professores, além do pagamento de outros direitos, como mudança de letras, mudança de nível, quinquênios e licença prêmio. Um grande número de servidores tem esses direitos vencidos e não estão sendo respeitados pelo governo. Além disso, a categoria ainda luta pela implantação definitiva do 1/3 da carga horária, que ainda não é realidade na maioria das escolas.

Mais fotos do ato na prefeitura:




Repressão contra jornalistas

PREFEITO DE SÃO GONÇALO TENTA CALAR JORNALISTAS DO SITE “FALARN.COM”


Ainda não conhece o site? Clique aqui e conheça!


O prefeito de São Gonçalo do Amarante, RN, Jaime Calado (PR), abriu representação judicial contra os donos do projeto de comunicação, Agência de Notícias FalaRN.com, um jornal eletrônico na internet com publicação de conteúdo independente.

Na ação judicial é cobrado uma multa indenizatória inicial no valor de R$ 31.520.00. MM. Daniela Paraíso Guedes Pereira, que são os advogados que representam o prefeito reclamam de danos morais.

Desconhecedores do projeto os advogados dizem que a Agência se trata de “um blog”. Os autores da ação dizem que houve “insinuação altamente ofensiva e maliciosa ao prefeito”.

Na ação o prefeito se diz descontente com publicações feitas pelo jornalista Francisco Costa, onde menciona com base em investigações do MPF e depoimentos de moradores sem teto, que obras do programa Minha Casa, Minha Vida, estão sendo usadas para favorecer partidos e também como moeda de troca eleitoral, além de receber propina pela construção das casas.

A banca de advogados diz que as notícias divulgada pelo #FalaRN estão “maculando a imagem do prefeito”, e alega não haver fundamento e comprovação nas declarações.

Acrescenta que o veiculo de comunicação “lançam na ‘sarjeta’ a imagem pública do prefeito”. E pede que seja reprimida as supostas ofensas por se tratar de uma pessoa de “honra como gestor ilibada em sua vida pública”.

Os advogados também não gostaram do video feito e publicado mostrando a realidade das comunidades de Coqueiros, Poço de Pedra, Igreja Nova e Chã do Moreno, onde várias pessoas mesmo morando tão perto do município sede, estão relegadas ao esquecimento, são vítimas de estelionato eleitoral e vivem à espera de políticas públicas que nunca chegam.

Veja abaixo um dos vídeos do site, com denúncias contra a prefeitura:



Os advogados se dizem a favor das críticas. “O exercício da crítica política em um ambiente democrático que hoje vivenciamos no Brasil é de extrema relevância e ao mesmo tempo imprescindível a toda sociedade, inclusive para defender a população e fiscalizar seus representantes (…)”, descreve em contrasenso um trecho da ação judicial, mas ao final apelam para “repressão do juiz” ao trabalho de jornalismo independente dos profissionais Josi Gonçalves e Francisco Costa.


“Não podemos impedir que o prefeito busque a justiça para se defender, se acha que houve injustiças. Mas não podemos nos calar para a falta de políticas públicas, a miséria, exclusão social e abandono que estão submetidas as famílias de São Gonçalo do Amarante que vivem uma administração municipal que não promove o direito a qualidade de vida digna e tenta impedir o trabalho de jornalistas. Não iremos nos calar e não temos medo de ações jurídicas. Sabemos que podem vir mais tentativas de calar nossa voz e outras intimidações. Mas o jornalismo é para servir a comunidade ao povo, é um sacerdócio. Estamos oferecendo algo que a cidade nunca teve, que é o exercício pleno da liberdade de expressão, educação, formação da cidadania. E fazer tudo isso não é crime nem ofensa alguma ao gestor. É preciso aprender a conviver com críticas” comentou o jornalista Francisco Costa.

NA INTERNET, LEITORES CRITICAM A AÇÃO JUDICIAL CONTRA OS JORNALISTAS. CONFIRA ABAIXO:




Fonte: Fala-RN

Ainda não conhece o site? Não deixe de acompanhar. Notícias sempre atualizadas sobre São Gonçalo do Amarante. Clique aqui e conhece!

Greve na Educação do Paraná

GREVE DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DO PARANÁ CONTINUA


Desde o dia 9 de fevereiro, início do ano letivo no Paraná, os professores e funcionários de escolas do Estado estão em greve.

Os trabalhadores realizaram diversas mobilizações, inclusive a ocupação da Assembleia Legislativa (ALEP), contra o pacote de maldades do governador Beto Richa (PSDB), que ataca os direitos dos servidores, e que seria votado pelos parlamentares da casa. A ação fez com o projeto fosse retirado da pauta.

Entretanto, os servidores seguem em greve e acampados até que todas as reivindicações da categoria sejam atendidas.

Em reunião realizada ontem (19) entre a APP Sindicato e os representantes do governo foi garantindo que o que “pacotaço” não será mais enviado para votação. Ainda assim, os trabalhadores estão em luta pelo pagamento de salários, e melhores condições de trabalho.

A reunião de negociação realizada na sexta-feira (20) não chegou em um acordo e a greve continua. Nesta semana uma nova rodada de negociações acontecerá.

ACAMPAMENTO

A categoria segue com o acampamento e aguarda o resultado das negociações que ocorrem nesta sexta, 27 de fevereiro.


Fonte: CSP-Conlutas, com informações da APP Sindicato

Salário Mínimo

SALÁRIO MÍNIMO NO BRASIL DEVERIA SER DE R$ 3.118,62, DIZ DIEESE


O valor do salário mínimo brasileiro, fixado em R$ 788 desde janeiro deste ano, deveria ser multiplicado por quatro. Só assim seria cumprido o que determina a Constituição de nosso país.

De acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o valor do “salário mínimo necessário” deveria ser de R$ 3.118,62 em janeiro.

Recentemente, o governo Dilma Rousseff (PT) fez alarde nas redes sociais anunciando que o poder de compra do atual salário mínimo (R$ 788) é o maior desde agosto de 1965. Difícil é imaginar como fizeram para chegar a esta conclusão, ainda mais com a alta da inflação, com preços de alimentos, combustível e energia elétrica disparando.

SALÁRIO MÍNIMO NECESSÁRIO

Durante os meses do ano, o Dieese calcula o chamado “salário mínimo necessário”, levando em conta os gastos de uma família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

A metodologia para fazer este cálculo leva em conta justamente o que está na lei e não é cumprido pelos nossos governantes. A Constituição Federal de 1988, no capítulo dos Direitos Sociais, define que o salário mínimo deve cobrir as necessidades vitais básicas do trabalhador e de sua família.

Ao mesmo tempo em que oferecem à população um salário mínimo que contraria a Constituição, os nossos governantes se agraciam com quantias bem mais robustas. Confira só:

Deputados, senadores e ministros do STF: R$ 33,7 mil

Presidente da República, vice, ministros de Estado e o procurador-geral: R$ 30,9 mil

Fonte: A Voz do Aposentado e CSP-Conlutas


Calendário de Lutas de Natal

SINTE/RN DIVULGA CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÃO DA REDE MUNICIPAL DE NATAL

Na segunda-feira (23), os professores da rede municipal aprovaram o calendário de luta deste ano de 2015, durante assembleia da categoria. Ontem, 25 de fevereiro, a direção do SINTE/RN divulgou o calendário de mobilização dos professores.

Nele estão todos os encaminhamentos acerca da campanha salarial 2015 , bem como as principais demandas da categoria. Veja abaixo o calendário de mobilização e encaminhamentos:


Fonte: Sinte-RN Estadual

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Prestação de Contas

SINDSAÚDE-RN NÚCLEO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE DIVULGA A PRESTAÇÃO DE CONTAS DO MÊS DE JANEIRO DE 2015:


Delegados de SGA para o ConSindsaúde

DIA 24/02 ACONTECE A ÚLTIMA REUNIÃO EM SÃO GONÇALO DO AMARANTE PARA A ESCOLHA DE DELEGADOS PARA O XI CONGRESSO DO SINDSAÚDE ESTADUAL


Nesta terça-feira, 24 de fevereiro, acontece a última reunião de escolha de delegados de São Gonçalo do Amarante para o XI ConSindsaúde, o Congresso do Sindsaúde-RN Estadual, que será realizado entre 13 e 15 de março.

A última reunião para São Gonçalo será em 24 de fevereiro, às 8h, na ESF de São Gonçalo, para a escolha de 5 delegados. Podem participar servidores do CEO, Laboratório Central, Secretaria Municipal de Saúde, Guanduba e Uruaçu, além da ESF de São Gonçalo.

O congresso discutirá a democratização do sindicato e a sua organização de base, as lutas dos servidores da saúde, suas condições de trabalho, a crise da saúde pública e as próximas lutas, a partir da avaliação da situação do País e do estado, e do caráter dos governos de Dilma e Robinson e suas políticas para a saúde e o funcionalismo.

Nos dias 19/02 e 20/02 ocorreram reuniões para a escolha de delegados em Regomoleiro (1 delegado de Regomoleiro), Santo Antônio (Novo Santo Antônio, Santo Antônio, CAPs e Padre João Maria puderam escolher 3 delegados), ESF de olho D’Água (Cidade das Flores, Olho d’Água, Cidade das Rosas e Jardim Petrópolis puderam escolher 2 delegados), ESF de Guajiru (Massaranduba e Guajiru puderam escolher 1 delegado), ESF de Serrinha (Poço de Pedra, Serrinha e Bela Vista puderam escolher 2 delegados).


Participe da reunião e do Congresso!

Assembleia da Educação


Servidores na prefeitura e assembleia

NA PRÓXIMA TERÇA, 24/02, OS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE IRÃO COBRAR UMA AUDIÊNCIA COM A PREFEITURA

Decisão foi tomada no último dia 12, durante a mais recente assembleia da categoria


Na próxima terça-feira (24 de fevereiro), às 8h, os servidores da educação de São Gonçalo do Amarante irão até a prefeitura municipal cobrar uma audiência com o governo. O objetivo é discutir o reajuste do piso da categoria, além de tratar de outros pontos da pauta de reivindicações dos servidores, que não foram respondidos com clareza pela prefeitura no documento enviado pela Secretaria Municipal de Educação dias antes do carnaval.

A ida até à prefeitura foi uma solicitação feita pelos próprios servidores da educação ao Sinte-RN, núcleo de São Gonçalo, durante a mais recente assembleia da categoria, no dia 12 de fevereiro. Os servidores demonstraram total insatisfação com a falta de respostas concretas da prefeitura e resolveram pressionar o governo a receber os servidores.

Na assembleia, a diretoria do Sinte-RN defendeu a reorganização dos servidores: “quando há um só graveto na chuva, ele é levado pela água; mas quando há vários gravetos juntos, a chuva é incapaz de tirá-los do lugar. É assim que nós servidores devemos pensar, que unidos somos mais fortes! Se nos reorganizarmos agora teremos mais força para enfrentar a prefeitura e arrancar dela os nossos direitos”, falou José Jairan, diretor do núcleo de SGA do Sinte-RN.

Já a companheira Mônica disse que o “governo quer desmoralizar o sindicato” e também defendeu a reorganização dos trabalhadores: “precisamos mobilizar novamente essa categoria, que já tem um grande histórico de lutas. Formar essa resistência e ganhar a consciência dos servidores. Nós vamos esperar até quando por uma resposta do governo?”, questionou a companheira.

Além da ida à prefeitura no próximo dia 24, a assembleia também decidiu realizar uma campanha em defesa da educação pública. Uma campanha simultânea, feita entre os municípios da região metropolitana, com palestras, denúncias e retiradas de representantes estudantis, terminando com um grande ato no gancho de Igapó, contando com a participação de todos os municípios envolvidos. Mais detalhes sobre a campanha e o ato serão divulgados brevemente.

Os servidores também se comprometeram a contabilizar em suas respectivas escolas quantas são as vagas que faltam ser preenchidas com servidores. Esse levantamento faz parte de um estudo que o Sinte-RN núcleo de São Gonçalo está fazendo para saber o atual déficit de servidores na rede municipal de ensino de SGA. Se você ainda não informou o número de servidores que faltam em sua escola, por favor, procure o Sinte-RN e informe.


A categoria também aprovou a data de uma nova assembleia dos servidores da educação, marcada para o dia 2 de março, às 14h, no Clube dos Correios, na mesma data do início do ano letivo em SGA. Esperamos a participação de todos os servidores, para formamos uma corrente forte de luta em defesa da educação e de nossos direitos.

Veja fotos da assembleia do dia 12/02: